Rondônia Agora
Ler Últimas Notícias

Procurar por

Polícia

Quinta-feira, 29 de dezembro de 2011 - 11:19

Matança

Família morta em chacina era de Jaru

A chacina que vitimou cinco pessoas sendo elas três integrantes de uma família da cidade de Jaru, e mais dois homens que ainda não foram identificados, começou a ser desvendada pela policia na tarde de ontem (28), após a prisão de um suspeito de ter cometido a atrocidade, o qual este  levou a polícia até os corpos que estavam enterrados em covas rasas no interior de uma mata no município de cidade de Jaci Paraná, distante a cerca de 100 km de Porto Velho.

Entre os corpos encontrados estava o de Lienir Batista de Andrade de 43 anos, sua esposa grávida de cinco meses, Maria Lucia da Silva Ferreira de 24 anos e a filha do casal Ana Beatriz de apenas cinco anos, todos residiam no setor 1-A da cidade de Jaru, mas estavam temporariamente na localidade de Nova Mutum Paraná.

A família estava desaparecida desde o ultimo dia 12, data em que foi vista pela ultima vez em um chalé as margens da BR 364 próximo de Jaci Paraná.

O crime chocou até mesmo os policiais pela perversidade em que ele foi cometido, os corpos da mulher e da criança apresentavam sinais de tortura e estavam despidas e segundo o delegado da delegacia de homicídios da capital, Dr. Alessandro, a mãe e a criança podem ter sido estupradas antes de serem executadas. “A família teve as mãos amarradas, pernas quebradas e o pescoço degolado, uma ação macabra”, finalizou o delegado.

Os corpos que já estavam  em avançado estado de decomposição foram recolhidos e encaminhados para o IML da capital. A Polícia investiga a participação de mais criminosos e as causas que levaram a tamanha atrocidade contra as vitimas. A polícia divulgou ainda que o casal tinha passagem por tráfico de drogas e pode ter sido vítima de justiceiros.

Fonte: Jaru Online

Autor: Jaru Online

Versão para impressão Indique este arquivo Comente a notícia

Comente pelo Facebook


Articulistas

Clickweb Agência Digital